Oxóssi e São Sebatião



São Sebastião é comemorado no dia 20 de janeiro é o padroeiro da cidade do Rio de Janeiro.

Pelo sincretismo religioso, no Rio de Janeiro, São Sebastião é correlacionado ao orixá Oxóssi.

Já na Bahia Oxóssi é representado por São Jorge, pois é um orixá ligado à sobrevivência, à caça dos animais, à fartura e ao sustento de sua tribo.

São Sebastião era um soldado romano cristão, que viveu no século III d.C., quando o cristianismo era ainda proibido.

Enquanto o Imperador Romano não sabia da sua religião, o tinha como homem de confiança, mas quando tomou ciência, o condenou ao martírio pelas mãos dos arqueiros.

A "característica" que une São Sebastião a Oxossi é o objeto com o qual ele fora martirizado - a flecha.

Na religião dos Orixás, Oxossi é o Orixá provedor.

É o Orixá do Trono do Conhecimento, da caça e da pesca que cultuamos para que não nos falte o alimento.

É o Orixá que nos concede o axé da fartura, sempre à medida que necessitamos, não entendendo aqui fartura como algo para além da nossa capacidade de consumir.

Ele é o Orixá que dá direcionamento, seu campo de força é as matas, elemento vegetal.

E um dos instrumentos de caça de Oxossi é a flecha.

Oxóssi é o caçador por excelência, mas sua busca visa o conhecimento. Logo, é o cientista e o doutrinador, que traz o alimento da fé e o saber aos espíritos fragilizados tanto nos aspectos da fé quanto do saber religioso.

Que Oxóssi possa nos dar direcionamento, não permita que falte o alimento em nossas mesas, principalmente o que alimenta nossa alma.

Axé a todos no dia de hoje na irradiação de Pai Oxóssi.


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo